Masters of the Air: a série de guerra mais esperada dos últimos anos!

Masters of the Air Tom Hanks Steven Spielberg

Masters of the Air é a terceira série da HBO em parceria com Tom Hanks e Steven Spielberg e é a série de guerra mais esperada no momento.

Toda essa expectativa se deve em grande parte à excelência dos trabalhos anteriores, que formam as melhores séries já produzidas sobre a Segunda Guerra Mundial na opinião da maioria dos críticos e fãs do gênero.

Então, vamos ver aqui quais foram esses trabalhos anteriores e saber um pouco mais sobre o que esperar da nova série, além de tirar algumas dúvidas em relação à produção.

O Resgate do Soldado Ryan

Tudo começou bem antes da parceria com a HBO, quando Tom Hanks recebeu o roteiro de “O Resgate do Soldado Ryan” e convidou seu amigo Steven Spielberg para dirigir o filme. Estava formada ali a parceria que viria a proporcionar tantas produções excelentes.

“O Resgate do Soldado Ryan” foi lançado em 1998 e se tornou um grande sucesso. É considerado um dos melhores filmes de guerra já feitos e garantiu vários prêmios, inclusive o Oscar de melhor direção para Steven Spielberg, que conseguiu dar uma sensação de realidade às cenas de guerra que até então ninguém havia alcançado. O impacto da sequência inicial, mostrando o desembarque das tropas aliadas no Dia D, ainda está marcado na memória de muitos que assistiram o filme.

Band of Brothers

Tom HanksSteven Spielberg não quiseram parar após o sucesso de “O Resgate do Soldado Ryan” e a HBO comprou a ideia. O projeto seguinte, Band of Brothers, se tornou a série mais cara da história até então, custando 125 milhões de dólares numa produção que durou 9 meses. (O filme “O Resgate do Soldado Ryan” custou 70 milhões de dólares). Os produtores não pouparam esforços para tentar reconstruir com veracidade os campos de batalhas enfrentados na Europa.

A série, com 10 episódios, foi lançada em 2001 e se tornou um marco inédito de excelência da reconstrução histórica do conflito. Com o roteiro baseado no livro homônimo de Stephen E. Ambrose, a série acompanha a trajetória de uma companhia de paraquedistas, a Easy Company, pertencente a 101ª Divisão Aerotransportada do Exército dos Estados Unidos, desde o treinamento para o Dia D até o final da Guerra na Europa.

The Pacific

Em 2010 foi lançada a segunda série produzida por Tom HanksSteven Spielberg para a HBO. Novamente a equipe se reuniu com a intenção de proporcionar o melhor, numa produção de 200 milhões de dólares, superando Band of Brothers e se tornando a série mais cara da história. (Game of Thrones custa em média 6 milhões de dólares por episódio, enquanto The Pacific custou 20 milhões por episódio).  O roteiro foi baseado no livro homônimo escrito por Hugh Ambrose, filho de Stephen E. Ambrose que escreveu o livro no qual foi baseada a história da primeira série, Band of Brothers.

Enquanto no filme “O Resgate do Soldado Ryan” e na série Band of Brothers a história acompanha um grupo específico de combatentes, em The Pacific ela aborda combatentes de várias unidades distintas, mostrando de uma forma mais ampla como foi o conflito no Pacífico contra os japoneses. Na série acompanhamos os violentos combates enfrentados pelos Marines e as condições adversas que tiveram que lidar. Muitas pessoas, acostumadas com as produções que geralmente priorizam a Guerra na Europa, não imaginavam o quanto a Guerra no Pacífico foi terrível até ver The Pacific.

Masters of the Air

Então chegamos a Masters of the Air e mesmo que você não tenha visto todos os trabalhos realizados antes, acredito que consegue perceber porque existe toda essa expectativa sobre a nova série entre os fãs do gênero. E como geralmente acontece, a ansiedade gera muitas confusões. A principal confusão em relação a Masters of the Air está justamente no seu nome.

A nova série Hanks-Spielberg-HBO foi anunciada em 2013 e logo que se soube que teria o roteiro baseado no livro Masters of the Air: America’s Bomber Boys Who Fought the Air War Against Nazi Germany escrito por Donald L. Miller, passaram chamar a série de Masters of the Air, já que as “edições” anteriores das séries seguiram os títulos dos livros no qual foram baseadas, porém, em 2014 foi lançado um teaser chamado The Mighty Eighth e, apesar de não contar com créditos para Hanks, Spielberg ou a própria HBO, logo todos acharam que se tratava da nova série. No IMDb, encontramos produções em desenvolvimento para ambos os títulos, sendo que somente a produção de Masters of the Air está especificada como sendo a produção de uma série para TV, o que faz suspeitar que The Mighty Eighth seja um filme sem nenhuma relação com a série da HBO.

Veja o teaser que causou a confusão abaixo:

Outro fator relevante é que o crítico Patrick King entrevistou em 2015 Donald L. Miller, o autor do livro Masters of the Air, que está trabalhando na produção da série. King usa sempre em seu site o título Masters of the Air para a nova série da HBO e em um de seus artigos ele diz especificamente para não confundir a série da HBO com o filme “The Mighty Eighth“.

This new WWII television series will be titled “Masters of the Air” – not to be confused with movie trailers released last year for the “Mighty Eighth”.

Tradução livre: Esta nova série de televisão sobre a Segunda Guerra Mundial vai ser intitulada “Masters of the Air” – não confunda com o trailer do filme “Mighty Eighth” lançado no ano passado.

Veja aqui o artigo. Nele você encontra também a entrevista com Donald L. Miller.

No entanto a confusão continua. A maioria dos sites divulgam a série mostrando o teaser do filme e usam o título The Mighty Eighth, inclusive alguns deles afirmando que esse foi o título “oficial” dado pela HBO. Na verdade The Mighty Eighth se tornou o título mais comum para se referir a nova série da HBO desde o lançamento do teaser em 2014.

Outro tema confuso é sobre quanto vai custar a produção, mas o consenso é que vai ser cara. Sites, como War History Online e muitos outros falam que a série vai custar cerca de meio bilhão de dólares, o que fará dela a série mais cara já produzida, superando The Pacific. Outra expectativa é que seja lançada em 2017. Quando a série foi anunciada em 2013 as datas prováveis eram final de 2016 ou início de 2017, mas particularmente, com as poucas informações que ainda temos da produção, é difícil imaginar que seja lançada antes do final de 2017 ou início de 2018.

O que sabemos de fato é que dessa vez a história volta a estar focada num grupo de combatentes, como foi em Band of Brothers, e agora ela vai olhar para os céus da Europa, pois Masters of the Air retrata a famosa Oitava Força Aérea dos Estados Unidos, a maior força estratégica de bombardeiros jamais reunida, que foi responsável pela difícil tarefa de limpar os céus da Europa e bombardear os alemães, enfrentando a poderosa Luftwaffe, para que o Dia D fosse possível.

A série seguirá a trajetória da tripulação de um B-17 Flying Fortress, que era o principal avião usado pela Oitava Força Aérea para bombardear os alemães, partindo de bases na Inglaterra e penetrando até a Alemanha. Um longo e mortal território inimigo. O B-17 foi desenvolvido como um bombardeiro de grande altitude e de longo raio de ação, com capacidade defensiva suficiente para lidar com as ameaças, no entanto, sua autossuficiência foi questionada à medida que os caças alemães causavam perdas enormes aos bombardeiros em cada missão. O B-17 protagonizou algumas das maiores e mais sangrentas batalhas aéreas da história.

Memphis Belle (1990)

Se você já quer ir se ambientando nesse momento da guerra, a melhor opção é mergulhar nas quase 700 páginas do livro Masters of the Air no qual o roteiro da série está sendo baseado. Infelizmente não é um livro barato e ainda não há uma edição em português. Uma outra opção interessante é assistir ao filme Memphis Belle (1990), que conta a história da primeira tripulação de um B-17 que conseguiu cumprir as 25 missões de ataque contra os alemães necessárias para voltarem para casa. Veja o trailer do filme:

Veja também o documentário:

The Memphis Belle: A Story of a Flying Fortress


Filmes de guerra em 2017Se você se interessa por produções como filmes, livros, séries e documentários sobre GUERRAS, então esse é seu lugar. WarTema é o primeiro site em língua portuguesa dedicado à indicar, analisar e comentar produções deste gênero.

  

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *